Parceiros

Parceiros
Mercevolks

Parceiros

Ministério da Saúde divulga dados que mais da dos brasileiros tem HPV

Entre as capitais, Salvador tem o maior índice de infectados (71,9%), seguido por Palmas (61,8%) e Cuiabá (61,5%). O estudo aponta também, que 16,1% dos jovens têm uma Infecção Sexualmente Transmissível (IST) prévia ou apresentaram resultado positivo no teste rápido para HIV ou sífilis.
Reprodução

Um pouco mais da metade da população brasileira está infectada pelo vírus HPV, apontou estudo divulgado nesta segunda-feira (27) pelo Ministério da Saúde. Desenvolvida em parceria com o Hospital Moinhos de Vento de Porto Alegre (RS), a pesquisa foi realizada em 26 capitais brasileiras e no Distrito Federal, com 2.669 pessoas analisadas para tipagem do vírus.
Das pessoas testadas, a prevalência estimada de HPV foi de 54,6%, sendo que 38,4% destes participantes apresentaram HPV de alto risco para o desenvolvimento de câncer. “Até então, não havia estudos de prevalência nacional do HPV que possam medir o impacto da vacina no futuro. O sucesso da vacinação deve ser monitorado, não somente em termos de cobertura, mas principalmente em termos de efetividade na redução da infecção pelo HPV”, afirmou a diretora do Departamento de Vigilância, Prevenção e Controle das IST, do HIV/Aids e das Hepatites Virais do Ministério da Saúde, Adele Benzaken.

Entre as capitais, Salvador tem o maior índice de infectados (71,9%), seguido por Palmas (61,8%) e Cuiabá (61,5%). O estudo aponta também, que 16,1% dos jovens têm uma Infecção Sexualmente Transmissível (IST) prévia ou apresentaram resultado positivo no teste rápido para HIV ou sífilis. Os dados finais deste projeto serão disponibilizados em relatório que será apresentado ao Ministério da Saúde em abril de 2018.

Por Agência Sertão

patrocínios

patrocínios