Parceiros

Parceiros
Mercevolks

Parceiros

Telexfree: Baiano e preso com milhões de dolares nos Estados Unidos se declara culpado

Foto: Reprodução
 O brumadense Cleber Rene Rizério Rocha foi preso em janeiro deste ano, nos EUA, acusado lavagem de dinheiro ligada ao esquema de pirâmide financeira TelexFree. Na ocasião, a polícia descobriu $17 milhões escondidos sob um colchão e, em audiência realizada no último dia 11 de outubro, em Massachusetts, ele se declarou culpado das acusações. A prisão de Rocha é fruto de uma investigação sobre a TelexFree, uma empresa com sede em Marlborough (MA), que vendia serviços de telefonia VOIP e foi fundada pelo americano James Merrill e o brasileiro Carlos Wanzeler.

Os promotores afirmam que a TelexFree funcionava como um esquema de pirâmide financeira, e quase não lucrava com as vendas do sistema de telefonia, mas arrecadou milhões de dólares de milhares de pessoas que eram recrutadas sob a promessa de que ganhariam muito mais com o investimento. Os promotores alegam que Cleber tentou ajudar o Carlos Wanzeler (co-fundador da TelexFree), a recuperar milhões de dólares deixado para trás quando fugiu para o Brasil. Rocha, que enfrenta acusações de conspiração e lavagem de dinheiro, ficou detido sem direito a fiança desde a sua prisão, em janeiro.

De acordo com informações do Brazilian Times, o fato de ele cooperar com a Justiça poderá atenuar a pena do brumadense.

Por Agora Sudoeste

patrocínios

patrocínios