Parceiros

Parceiros
Mercevolks

Parceiros

Educação :Alunos fecham portões da UEFS em protesto e aulas são suspensas na BA

Não há previsão de quando o local será desocupado em Feira de Santana. Estudantes também ocupam reitoria da instituição desde a noite de terça.

Do G1 BA

Estudantes ocupam portões da universidade nesta quinta-feira (3) (Foto: Divulgação/ Uefs)

Os portões da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS) foram fechados por estudantes na manhã desta quinta-feira (3), o que suspendeu as aulas na instituição a 100 km de Salvador. De acordo com a reitoria, não há previsão de quando o local será desocupado e as aulas normalizadas. A manifestação ocorre em protesto contra a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 241. Um grupo de estudantes também ocupa a reitoria da UEFS desde a noite de terça-feira (1º).

Ainda segundo a reitoria, também não há previsão de ocupação da universidade no sábado (5) e domingo (6), quando está marcada a aplicação de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O Innstituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) já foi informado sobre a ocupação no local nesta quinta-feira, de acordo com a reitoria.

O G1 entrou em contato com a comissão de comunicação dos estudantes, mas os telefonemas não foram atendidos.

A Uefs já teve as aulas suspensas por alguns dias na semana passada também em protesto contra a PEC 241. Os docentes da insituição paralisaram as atividades nos dias 25 e 26 de outubro.

Nova lista
O Ministério da Educação (MEC) vai divulgar na sexta-feira (4) uma lista atualizada das escolas ocupadas onde o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) será adiado. A última lista, que inclui 25 cidades baianas, foi divulgada pelo MEC na terça-feira (1º). Os estudantes que fariam provas em locais ocupados terão de fazer o exame nos dias 3 e 4 de dezembro.

Nenhuma escola que já foi apontada na lista será excluída, mesmo que já tenha sido desocupada, segundo o Inep. O MEC só vai manter a prova neste fim de semana, nos dias 5 e 6 de novembro, nas escolas que foram desocupadas até segunda-feira (31), prazo limite que foi dado para a liberação dos colégios. Sendo assim, mesmo que estejam vazias neste momento estarão na lista do ministério como locais inviáveis para realização das provas neste fim de semana.

A nova lista terá possíveis acréscimos, caso haja novas ocupações entre esta quinta e sexta-feira, segundo o Inep.

Por G1.Globo.com

patrocínios

patrocínios