Parceiros

Parceiros
Mercevolks

Parceiros

Noticias do Brasil: “Monstro” sequestra bebê de 1 ano, estupra e o abandona em matagal, no Piauí

Ligação ainda foi feita para informar o local onde a vítima estava. Menina dormia na casa da avó quando desapareceu na madrugada. Criança teve que passar por cirurgia.
A suspeita de que uma bebê de 1 ano e 3 meses tenha sido abusada sexualmente abalou a família e deixou a população de Pedro II, ao Norte do Piauí, em estado de choque.

De acordo com a polícia, a menina foi encontrada na manhã deste domingo (7) em um matagal próximo à casa da avó, onde dormia quando foi levada do quarto ainda na madrugada. De acordo com a delegada Camila Miranda, a bebê ficou sob os cuidados da avó materna e uma tia após a mãe sair para uma festa. Por volta das 2h, a tia acordou para amamentar a filha e percebeu que a sobrinha não estava mais na cama. “Ela viu que a janela do quarto estava aberta e logo foi até a festa avisar a irmã que a menina havia desaparecido. Daí, ainda na madrugada elas foram até a casa do conselheiro tutelar, de outros familiares e começaram a buscar informações que pudessem levar ao paradeiro da bebê”, relatou.
Pela manhã, a notícia do desaparecimento da garota se espalhou pela cidade. Foi quando populares a encontraram sem roupa e com vários hematomas pelo corpo ao lado de um terreno baldio, segundo a polícia, local frequentado por usuários de drogas. “Havia machucados pela boca e uma lesão próximo ao olho, além disso, a vagina dela estava bastante machucada e, segundo o médico que a atendeu, talvez seja necessário fazer uma reconstrução”, relatou a delegada.
A polícia já ouviu informalmente alguns familiares, vizinhos e os conselheiros tutelares e acredita que mais de uma pessoa possa ter cometido o crime. “Nós trabalhamos com a hipótese de ter sido mais de um. Testemunhas falaram em alguns nomes e ao que tudo indica são pessoas que conheciam o local e sabiam que abrindo aquela janela já teria acesso ao quarto”, falou ainda a delegada Camila Miranda.
Delegada Camila Miranda acompanha as investigações em Pedro II (PI)
Ainda na manhã deste domingo, a bebê foi encaminhada para Teresina acompanhada pela mãe, um conselheiro tutelar e a coordenadora do Serviço de Atenção a Mulheres Vítimas de Violência Sexual de Pedro II e deve ser submetida a exames na Maternidade Dona Evangelina Rosa. Um saco plástico encontrado no local do crime e com manchas de sangue foi recolhido e encaminhado para a perícia criminal.
Delegada pedirá quebra de sigilo telefônico
A delegada que investiga o estupro de uma bebê de 1 ano e 3 meses em Pedro II, Norte do Piauí, irá solicitar à Justiça a quebra do sigilo telefônico da tia da menina, que recebeu uma ligação de número oculto horas antes da sobrinha ser encontrada. Conforme Camila Miranda (foto), a pessoa informou o local onde a vítima estava. “Queremos saber quem é e provavelmente essa pessoa pode ter outras informações”, falou a delegada. Nesta segunda-feira (8), familiares e testemunhas prestaram depoimento na delegacia. De acordo com a delegada Camila Miranda, pessoas que estavam bebendo em um bar próximo ao local onde o crime ocorreu também devem ser intimadas a depor.

Por: Blog do Marcelo

Publicidade

patrocínios

patrocínios

Mais visitados

Postagens mais visitadas deste blog

Tragédia na BR-116 trecho de Cândido Sales a Divisa Alegre nesta manhã de terça-feira

Jovem morre eletrocutada em Cândido Sales.

Urgente: Jovem morre afogado no Porto de Santa cruz em Cândido Sales