Parceiros

Parceiros
Mercevolks

Publicidade

Parceiros

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Publicidade

Menor que matou criança em assalto quase teve a cabeça arrancada na cela

No início da noite desta terça-feira, 26 de julho, policiais civis da 8ª COORPIN precisaram intervir e retirar da cela, o adolescente de 15 anos de idade, que matou o pequeno Felipe de 08 anos. O menor, juntamente com seu comparsas , foram encaminhados à cela destinada aos menores infratores, e os mesmos continuariam detidos na Delegacia Territorial pelo período de 45 dias. Porém, os demais menores que estão detidos na referida cela, e que acompanharam o caso do latrocínio do Felipe, assim que os mesmos foram deixados na cela, iniciaram uma série de agressões contra a dupla.



O primeiro a ser espancado foi um dos gêmeos, conhecido pelos crimes já praticados. Este foi surrado, pela participação no crime, já o autor das pauladas em Felipe, foi castigado por pelo menos dois dos menores. O mesmo teve seu pescoço picotado, por um cabo de escova de dentes. Os agentes retiraram as adolescentes, e encaminharam os mesmos para outra unidade prisional. A tentativa de homicídio foi registrada e o caso apresentado à delegada plantonista, Maria Luíza Ribeiro, que ouviu os adolescentes agredidos e logo depois iniciou as oitivas dos adolescentes que os espancaram.



Nossa equipe conversou com exclusividade com os três menores apontados como autores dos golpes que picotaram o pescoço do menor infrator [latrocida]. Os mesmos lamentaram a intervenção dos agentes, e disse que os policiais atrapalharam "o serviço". Os menores disseram que a intenção era arrancar a cabeça do menor que eles chamaram de "verme". Os menores ainda disseram que tem familiares, e que eles estão detidos pagando pelos erros, mas, não admitem um crime tão covarde como esse. Os mesmos ainda disseram que gostariam que os "covardes" fossem novamente levados à cela e que para o menor de 15 anos que desferiu as pauladas em Felipe, eles tinham algo a oferecer, e disse que o nome era "pau no gato". 

De acordo com os menores, o que os revoltou ainda mais, foi quando perguntado sobre o crime, o autor das pauladas dizer: "Eu matei a criança mesmo, e matei porque gosto de matar". A delegada instaurou inquérito policial para investigar a autoria do homicídio tentado. Um dos menores tinham em sua bermuda  marcas de sangue, e o mesmo disse que tinha pouco sangue, que o desejo era estar com a cabeça do menor nas mãos.

Por: Rafael Vedra/Liberdadenews

Publicidade

patrocínios

patrocínios

Publicidade

Postagens mais visitadas deste blog

Tragédia na BR-116 trecho de Cândido Sales a Divisa Alegre nesta manhã de terça-feira

Jovem morre eletrocutada em Cândido Sales.

Urgente: Jovem morre afogado no Porto de Santa cruz em Cândido Sales

Cândido Sales: Mulher encontra envelope com oito mil é devolve ao seu dono.