Parceiros

Parceiros
Mercevolks

Parceiros

Polícia investiga vários roubos em Ibicuí.

Segundo internautas, uma onda de assalto varreu Ibicuína madrugada de quarta para quinta-feira (23). Casas foram invadidas. Nas ruas, bandidos também roubaram carros e celulares. Uma pessoa chegou a dizer que é perigoso andar com celular na cidade.

Em entrevista concedida ao Blog do Gusmão nessa quinta-feira (23), o delegado Marcos Larocca afirmou que apenas dois arrombamentos foram registrados pela delegacia de Ibicuí.

Segundo Marcos Larocca, não há uma onda de assaltos. Cada casa, explica, “tem mais de uma pessoa, e cada uma se diz vítima. Cada casa, às vezes, comporta dez, quinze pessoas. Assim acaba tendo quinze, vinte vítimas numa noite, e se torna um número expressivo. Mas, na verdade foram dois arrombamentos apenas”.

De acordo com o delegado, durante as festas juninas, mais de cem mil visitantes costumam se juntar aos quinze mil moradores de Ibicuí. A maioria das casas onde ficam, no entanto, é antiga e não tem muitos recursos de segurança. São facilmente invadidas. Como as pessoas vão para os festejos, os bandidos aproveitam para invadir as residências.

Conforme Larocca, a polícia adota providências para combater os assaltos, mas, não é possível impedir todos. Ele explica que as pessoas às vezes pagam dez mil reais para ficar numa casa, por isso, “não custa nada paga cem, cento e cinquenta para uma pessoa ficar à noite tomando conta”.

A Polícia Civil investiga os assaltos registrados nessa madrugada. Marcos informou que os investigadores têm pistas sobre os suspeitos e já realizam buscas. No total, a delegacia conta com nove policiais.

Apesar da explicação do delegado, continuamos a receber reclamações sobre assaltos e arrombamentos em Ibicuí.

patrocínios

patrocínios