Parceiros

Parceiros
Mercevolks

Parceiros

Vitória da Conquista: sem isolamento, paciente com suspeita de H1N1 permanece no Pronto Socorro do Unimec


Foto: WatsApp| BLOG DO ANDERSON
Foto: WatsApp/Blog do Anderson
Levada ao Hospital Unimec após mal-estar, uma mulher de 51 anos de idade apresentou sintomas da H1N1, mas por de espaço para isolamento, conforme determina a Organização Mundial da Saúde (OMS), Renialda Alves de Souza permanece na Emergência desde o dia 29 de março. De acordo com informações colhidas pelo BLOG DO ANDERSON junto ao Unimec, Renialda está no Pronto Socorro conveniado ao Sistema Único de Saúde (SUS). “Esse setor é de responsabilidade da Prefeitura [Municipal de Vitória da Conquista]. Ela aguarda ser transferida para um isolamento no Hospital de Base[Hospital Geral de Vitória da Conquista], mas aguarda autorização da Central de Regulação de Leitos que desde quarta-feira nada decidiu”, informou um médico ao BLOG DO ANDERSON.
f5788c93-78fd-41b1-8a22-8859bf7a1d63

Influenza A subtipo H1N1 também conhecido como A (H1N1), é um subtipo de Influenzavirus A e a causa mais comum da influenza (gripe) em humanos. A letra H refere-se à proteína hemaglutinina e a letra N à proteína neuraminidase. Este subtipo deu origem, por mutação, a várias estirpes, incluindo a da gripe espanhola (atualmente extinta), estirpes moderadas de gripe humana, estirpes endêmicas de gripe suína e várias estirpes encontradas em aves. Os primeiros casos de H1N1 foram registrados em 2009 em vários países, incluindo o Brasil. Os sintomas e transmissão da doença são semelhantes aos de uma gripe comum, mas com alguns agravantes. Um dos sintomas da doença é a falta de ar. Até o final da noite deste sábado (2) a Central de Regulação de Leitos não havia resolvido o problema.

por:portal cândido sales

patrocínios

patrocínios