Parceiros

Parceiros
Mercevolks

Parceiros

Potiraguá:Carro de prefeito é apedrejado em protesto de moradores

O carro do prefeito da cidade de Potiraguá, na região sul da Bahia, Luís Soares, foi apedrejado na noite de sexta-feira (1º) durante um protesto da população do município. De acordo com o comandante da Guarda Municipal, Cosme Pereira, o protesto ocorreu após a morte de um morador da cidade, envolvido em acidente em uma rodovia que liga a BR-101 a Potiraguá, por volta das 18h. Os moradores também queimaram pneus em protesto na entrada da cidade. Ninguém ficou ferido na ação. Segundo Cosme Pereira, o resgate do morador foi feito pela polícia até o hospital municipal. Uma ambulância da cidade de Itarantim foi solicitada para fazer a transferência do morador, mas quando chegou a Potiraguá, a vítima do acidente não tinha resistido aos ferimentos e morreu no hospital. Após a morte do morador, a população começou a protestar. O carro do prefeito estava vazio, estacionado em frente à casa de um vereador, quando foi apedrejado. De acordo com o comandante da Guarda, o protesto foi controlado com ajuda da Polícia Militar. Ainda conforme Cosme Pereira, ao menos dois suspeitos participaram do ataque e o caso será investigado pela Polícia Civil. O G1 tentou contato com o prefeito da cidade, mas ele não foi localizado. O secretário de Administração, Pedro Augusto Vivas, disse que o acidente foi grave e a prefeitura tomou providências para o atendimento da vítima. "Ele foi resgatado para maternidade que atende como um hospital, para procedimentos simples, não faz cirurgia. Ele teria ser levado para outro hospital", contou. Uma das ambulâncias da cidade está quebrada e, além da ambulância de Itarantim, também foi chamado um veículo que fica em distrito para atender à vítima. O secretário acredita que a manifestação teve motivação política. "Estamos em meio de uma situação política e a população foi inflamada por alguns grupos de oposição ao prefeito. Soube que algumas pessoas foram vistas no meio da população incitando a população, no local onde houve queima de pneus. O alvo foi o prefeito e não o veículo dele", diz o secretário. (G1/Bahia)

patrocínios

patrocínios