Postagens

Mostrando postagens de Junho 24, 2012

Parceiros

Parceiros
Mercevolks

Parceiros

VIABAHIA divulga resultado da operação São João 2012

VIABAHIA Concessionária de Rodovias S/A informa que a Operação São João 2012, encerrada às 12h de ontem (25/06), apresentou melhoria nos dados de ocorrências e retenções ao tráfego, com relação ao mesmo período do ano passado. A concessionária administra os trechos da BR-324, de Salvador até Feira de Santana e da BR-116, de Feira de Santana até a divisa com Minas Gerais.
Com relação ao tráfego nas rodovias BR-116 e principalmente na BR-324, por conta do deslocamento da população entre os dias 20 e 23/06, no sentido Salvador / cidades do interior do Estado, e nos dias 24 e 25/06, no sentido inverso, a concessionária afirma que a Operação São João 2012 ocorreu com tráfego bastante intenso (predominantemente de veículos leves na BR-324), porém sem maiores congestionamentos.
No fluxo de saída da capital, a concessionária computou o percurso entre Salvador e Feira de Santana, não registrando mais do que três horas, nos piores momentos. Estes números são bem inferiores aos re…

Ataques a bancos crescem 58% na Bahia

Helga Cirino e Ana Cristina Oliveira/A Tarde Online
Um gerente do Banco Itaú da Av. Manoel Dias da Silva, na Pituba, viveu momentos de terror em abril deste ano, depois que a filha de 14 anos foi sequestrada por nove homens armados. Pai e filha seguiam para a escola da jovem, no Cabula, por volta das 8h, quando foram atacados. Ele foi obrigado a retirar quantia não divulgada da agência, enquanto a adolescente ficou com os criminosos, só sendo libertada, na Av. Bonocô, duas horas depois.
Este foi um dos 90 ataques a instituições financeiras registradas este ano na Bahia, de acordo com o Sindicato dos Bancários do Estado – que vem monitorando os crimes. O índice é cerca de 58% maior que os 57 casos registrados no mesmo período de 2011.
Drama parecido viveu o ex-gerente do Banco do Brasil de Itarantim (a 654 km da capital) Manoel Esmeraldo. Vítima de três assaltos em seis meses, em 2006, ele chegou  a ficar nove horas em poder de 12 bandidos. “Fui encapuzado, tive pés e mãos …

patrocínios

patrocínios