Parceiros

Parceiros
Mercevolks

Parceiros

Justiça Eleitoral nega registro de candidatura de Dudu Pontes

O progressista Eduardo de Oliveira Pontes, candidato na corrida pela chefia do executivo municipal de Cândido Sales, pode ficar de fora da disputa eleitoral de outubro. A Justiça Eleitoral da 165ª Zona Eleitoral acatou o pedido de impugnação contra o candidato progressista (PP).

A decisão foi proferida ontem e publicada no sítio DivulgaCand, mantido no ar pelo Tribunal Superior Eleitoral. As decisões de primeira instância cabem recurso no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) até 23 de agosto.

A decisão do juiz eleitoral, Marley Cunha Medeiros, foi tornada pública nesta terça-feira (31). O juiz fundamentou a sua decisão com base na Lei da Ficha Limpa.

O candidato poderá recorrer da decisão e, enquanto não sai o julgamento, pode permanecer com a campanha nas ruas até que o TRE-BA decida sobre o recurso.

Dudu conta o apoio do também ex-prefeito Amilton Fernandes este ano fora da disputa pelo executivo municipal.

O seu companheiro de chapa, Milton Ferraz ainda aguarda o julgamento.

Na Bahia a Justiça Eleitoral já barrou diversos registros de candidaturas, entre os impugnados estão o atual prefeito e candidato à reeleição em Ibicaraí, Lenildo Alves Santana (PT), a prefeita de Floresta Azul, Sandra Maísa Balduíno Cardoso Marcelino, que tenta se manter no posto. Os outros postulantes com registro indeferido foram, Aurélio Amicés Pedreira (PSD), em Biritinga, e Antônio Jorge de Aragão Nunes (PDT), em Pojuca, Ivani Andrade (PTB), em Encruzilhada e Eduardo Pontes (PP), em Cândido Sales.


http://www.portalcandidosales.com

patrocínios

patrocínios