Parceiros

Parceiros
Mercevolks

Parceiros

Rios ameaçados no Sudoeste Baiano


Rio do Antônio, Santo Onofre, Gongogi, Verruga, Catolé, e Jequiezinho. Esses são os sete rios do sudoeste que, respectivamente, banham municípios de Brumado, Tanque Novo, Iguaí, Vitória da Conquista, Itapetinga e Jequié, ameaçados de “morte” nos últimos anos por “grupos de extermínio ambiental” formados por extratores de areia, indústrias, esgotos domésticos e degradação patrocinada por moradores ribeirinhos.

Os dados foram listados a partir de um levantamento, fornecido pela Agência Nacional de Águas (ANA) e que chama a atenção em especial para o Jequiezinho, em Jequié, incluído entre os 105 corpos d’água em condições ruins ou péssimas. A constatação está no Relatório de Conjuntura dos Recursos Hídricos no Brasil – Informe 2011.

O estudo apresenta a situação mais atualizada sobre a água no Brasil, com dados coletados no ano de 2009 e consolidados até dezembro de 2010 em 17 estados. “O quadro no Jequiezinho, afluente do Rio de Contas, não mudou. Pelo contrário, está a cada dia pior”, lamenta o ambientalista Domingos Ailton. Ele e outros ambientalistas da região uniram forças para limpar as margens do rio, porém o problema voltou a aparecer devido a falta de consciência dos moradores.

A Prefeitura de Jequié deve anunciar medidas assim que tiver acesso ao diagnóstico da ANA que, com mais de 1,7 mil pontos analisados mostra bacias comprometidas por causa do lançamento de esgotos urbanos domésticos sem tratamento adequado, especialmente nas regiões metropolitanas e cidades de médio porte.

Segundo o estudo, a proporção de água de ótima qualidade encontrada nos pontos de monitoramento caiu de 10% para 4%, em comparação com o relatório do ano passado. Em 2009 foi encontrada água de boa qualidade em 71% dos pontos, regular em 16%, ruim em 7% e péssima em 2%. Informações do A Tarde.

Fonte: Blog do Anderson Foto: Zenilton Meira

patrocínios

patrocínios